quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Exposição de Desenho e Pintura, 12.ºF

Esta exposição de trabalhos está subordinada a três temáticas: A Transformação da Bucha e do Parafuso, Convívio em Tempos de Pandemia e Metamorfose de um Secador de Cabelo. Estas séries constituem os trabalhos mais recentes destes alunos. A exposição foi montada por eles e as fotografias são da responsabilidade da Érica Amorim, aluna da turma.











"Riscos de Artistas" 12.ºF, Desenho A

Estes Riscos são o trabalho de um primeiro período letivo. Estudos, desenhos, pinturas, riscos dos artistas do 12.ºF. A montagem da exposição foi do Pedro Rodrigues, que também a registou em imagem. Há fotografias da Érica Amorim, desenho de letra da Beatriz Filipe e as assinaturas de todos os desenhadores.

Fotografia de Érica Amorim



Fotografia de Érica Amorim



Fotografia de Érica Amorim



Fotografia de Pedro Rodrigues



Fotografia de Pedro Rodrigues



Fotografia de Pedro Rodrigues



Fotografia de Pedro Rodrigues



Fotografia de Pedro Rodrigues



Fotografia de Pedro Rodrigues

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Instalação de Afetos no A2

 O pavilhão A2 apresenta uma nova Instalação: mesmo no meio do átrio, estão expostas as embalagens de afetos que os alunos realizaram para a Árvore de Natal. Pois é, decidimos dar uma nova imagem ao conjunto de trabalhos tão bonitos realizados pelos nossos alunos. E vejam como ficou... Linda!







sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

O pintor Cruzeiro Seixas e a exposição da Sara Costa

 

Animação, Sara Costa, 11.ºE

O pintor Joaquim Rodrigo e a animação da Beatriz Pereira

 

Animação, Beatriz Pereira, 11.ºE

O pintor Amadeo de Souza-Cardoso e a Sílvia Silva

 

Animação, Sílvia Silva, 11.ºE

A pintora Vieira da Silva nas palavras da Joana Madureira

 

Animação, Joana Madureira, 11.ºE

O pintor Amadeo de Souza-Cardoso pela Daniela Dias

 

Animação, Daniela Dias, 11.ºE

O pintor Dario Alves visto pela Joana Alves

 

Animação, Dario Alves, 11.ºE

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

TRAÇOS DE ARTISTAS

A exposição Traços de Artistas, patente no corredor da escola, dá a conhecer os trabalhos livres realizados pelos alunos do 11.ºE e 12.ºF. Cada trabalho está identificado e, no Blogartes, pode encontrar mais informação relativa a cada um deles. A montagem da exposição esteve a cargo dos alunos do 12.ºF.

Na disciplina de Desenho A, em cada período letivo, há um convite para a realização de um desenho ou pintura, em que cada um desenvolve o tema que quer. É uma aposta nos nossos futuros artistas, se é que o não são, já!...



Fotografia de Érica Amorim,12.ºF


Fotografia de Érica Amorim, 12.ºF


Fotografia de Érica Amorim,12.ºF


Fotografia de Érica Amorim,12.ºF


Fotografia de Érica Amorim,12.ºF


Fotografia de Érica Amorim,12.ºF


Fotografia de Érica Amorim,12.ºF

Trabalho livre de Érica Amorim, 1,ºP

 Memória descritiva do trabalho livre “A Fotógrafa” 



"Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de desenho A. Neste trabalho é proposto fazermos algo à nossa escolha e eu escolhi desenhar uma menina a fotografar.

Para a realização deste trabalho utilizei lápis de cor, aguarela, e caneta de ponta fina e, como suporte, uma folha A4.

Desenhei uma mulher a tirar uma fotografia com uma polaroid, para poder aprofundar mais o meu desenho em questão do corpo humano. A mulher está a tirar uma fotografia, e com isto eu quero representar o meu gosto fotografar. A fotografia, tal como o desenho, é um meio de transmitir sentimentos e criatividade. "

Érica Amorim, 12.ºF



Trabalho Livre da Mara Silva - 1.ºP

 Mara Silva
Desenho A
Memória Descritiva de “Três Raparigas 2.0”



  "Este trabalho foi realizado numa tela de 40X50 cm, com acrílico, caneta de tinta preta e aguarela dourada. Foi feito ao longo de um período de duas semanas. Consiste de uma reinvenção de um trabalho livre anterior, “ três raparigas”, em que demonstro evolução na aplicação das técnicas de pintura e no desenho da anatomia humana. 
  O meu interesse na figura feminina e no reforço de uma ideia celestial da mulher foi crescendo substancialmente desde o trabalho anterior e, através desse interesse, esforcei-me para melhorar a execução de ideias para um trabalho físico. Foi uma experiencia de aprendizagem muito útil, em que aprendi a ter paciência e a confiar no processo criativo. Existiram várias fases em que a obra não estava de acordo com as minhas espectativas, mas continuando a trabalhar e a adicionar camadas de tinta, atingi um resultado melhor do que aquele que esperava no princípio.
  Tenho a intenção de continuar a melhorar os meus trabalhos. A comparação entre o trabalho livre anterior e este provou-me que consigo sempre melhorar e incentivou-me a continuar a procurar técnicas diferentes e diversas maneiras de aplicá-las."
Mara Silva, 12.ºF









Trabalho Livre de Sofia Santos, 1.ºP

Memória Descritiva de Desenho A
As Primeiras Colheres



"Este trabalho do 1.º período foi concebido em prol da minha imaginação e paixão por crianças, utilizando o nosso conhecimento de técnicas e de aprendizagem que tivemos no âmbito da disciplina de Desenho A. Iniciando as ideias por esboços até ao trabalho final, por misturas de técnicas e cores dando a sensação de sombras e de realce ao tema, realizado durante a quarentena. 
Normalmente, prefiro seguir o meu próprio espírito artístico que é a minha mente, pensamentos e sentimentos, mas desta vez decidi fazer algo diferente e decidi fazer algo mais pessoal.
A mulher e a criança ao seu colo foram desenhadas com delicadeza, calma e tranquilidade, e alegria. Neste trabalho inspirei-me na minha família, nomeadamente na minha mãe e na minha irmã mais nova. Inicialmente não sabia bem o que iria apresentar neste período, mas tive a  ideia de fazer um retrato deste momento das duas, de memória. O branco e o azul, nos olhos da criança, representam a paz e a tranquilidade, sendo que, como podemos também ver, a criança é muito chamativa pelas cores que tem nas sua roupas e os seus olhos são o ponto mais atrativo da obra, são o centro de tudo, e o rosto da mãe é mais tranquilo pois é para transmitir a calma a serenidade e a alegria de uma mãe a dar de comer ao seu bebe.
Para além das cores, as técnicas utilizadas foram, lápis de grafite F, lápis de cor, preto, amarelo, vermelho, azul, castanho(vários tons), rosa claro (vários tons) e cor de pele (dois tons), amarelo(dois tons), laranja, caneta ponta fina preta (005 e 08) e caneta esferográfica  azul, marcador cor de rosa, amarelo e cor de pele, caneta posca de cor branca e aguarela cinzenta. 
Este trabalho foi uma forma de testar uma nova combinação de técnicas e de cores, as quais eu tinha medo de usar/misturar. Foi também para mostrar que muitas das vezes nós conseguimos, mesmo pensando que não, trabalhar em algo que nunca fizemos antes."
Sofia Santos, 12.ºF