segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Trabalho Livre da Sara Costa, 1.ºP

 Memória Descritiva do Trabalho Livre da Sara




Nesta memória descritiva vão ser relatados todos os passos dados para a concretização do projeto do trabalho livre, ou seja, um trabalho ao gosto do aluno. Neste meu trabalho livre do 1.º período decidi que queria desenhar uma serpente. 
Iniciei as pesquisas sobre esse animal para compreender a sua morfologia. Enquanto fiz essas pesquisas deparei-me com uma caveira, e dessa forma surgiu-me a ideia para o trabalho. Realizei alguns estudos no meu diário gráfico, assim como o esboço. De seguida, construí a esquadria de 1 cm numa folha A4. Desenhei um monte de caveiras e uma serpente enrolada num pequeno tronco. Utilizei ponta de caneta fina preta e trama para “colorir” as caveiras, o tronco, a terra, parte da serpente e para contornar as figuras e a esquadria. Na serpente optei por pintá-la com tinta acrílica azul para sobressair comparativamente ao resto. Depois de seco acrescentei pequenas escamas.
Este trabalho não tem grande simbologia. Mas depois de alguma reflexão consegui associá-lo às circunstâncias que estamos a passar. As caveiras e a serpente representam a morte, o que infelizmente nos últimos meses tem acontecido em grande número. Contudo, a serpente também pode representar o renascimento/renovação (quando ela muda de pele), o que se pode associar à esperança de que estes tempos cruéis e difíceis irão desaparecer para que possamos viver a nossa vida novamente.
Pessoalmente, tive gosto em realizar este trabalho e fiquei, de certa forma, surpreendida com o facto de ter desenhado algo que sentia de forma inconsciente e involuntária.

Águas Santas, 7 de dezembro de 2020
Sara Costa, 11.ºE

Sem comentários:

Publicar um comentário