quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Trabalho livre de Nuno Santos

Nuno Santos, Two-Faced Me
Aguarela, lápis de cor, caneta de ponta fina s/ papel, 420x297cm


Como projeto livre deste período, para a disciplina de Desenho A, propus-me a desenhar um cartaz da minha banda favorita, mas após uma conversa com a professora e de muita deliberação decidi fazer algo surrealista em que de alguma maneira transmitisse algo de mim.
No meu trabalho é possível ver um figura feminina central, com um ar ‘’feroz’’, com um ar forte, esta olha com o queixo levantado para reforçar a ideia de força, tendo as suas mãos escondidas atrás das costas, como se quisesse esconder a sua verdadeira essência, no entanto, a mesma tem várias mãos a sair de trás de si, como se toda a sua ‘’vida interior’’ quisesse escapar e quisesse mostrar a todos quem realmente era, mas a sua maior personalidade (a forte) não a deixaria, pois não quer mostrar o lado fraco a ninguém.
Nesta mesma figura feminina o cabelo torna-se num enredo de máscaras, o que simplesmente mostra a confusão e a luta constante de todas as suas personalidades e de todas as suas facetas. Cada máscara representa uma faceta, uma personalidade.. e cada par de braços mostra a luta constante de querer explodir, e de não ser a mesma pessoa forte que sempre é.
Como suporte utilizei uma folha de aguarela A3, sendo os materiais utilizados aguarelas, canetas de ponta fina e lápis de cor.
Acho que foi o único trabalho em que consegui realmente transmitir algo de mim para o papel e estou orgulhoso de mim nesse aspeto.
 Intitulei este trabalho como ‘’Two-Faced Me’’..  esta palavra pode ter dois significados, mas o que eu queria passar era o significado de uma pessoa com falta de autoestima, e com falta de identidade.
                                   
                                                                                                      Nuno Santos 12.ºE

Sem comentários:

Publicar um comentário