segunda-feira, 4 de junho de 2018

Trabalho livre de Miriam Martins, 12.ºE

Miriam Martins, Os 7 Pecados Mortais
acrílico, aguarela, tinta-da-china e lápis de cor s/tela


Memória Descritiva

Este projeto começou com o facto de querer evoluir no meu trabalho em telas de pequenas dimensões. No início não sabia que tema trabalhar, então fui a uma loja de artes e comprei 7 telas, sem motivo nenhum, só me pareceu que ficassem bem na disposição que as queria colocar. Alguns dias de observação das telas e pesquisa tive a ideia de representar em cada uma delas. Após esta escolha avancei para uma pesquisa mais aprofundada sobre os 7 pecados mortais para tentar perceber como os ia transmitir em desenho. Fui escrevendo as ideias num papel de rascunho e, após isso, ponderei as cores que ficariam melhor e ajudariam a transmitir cada um destes sentimentos.

Sendo assim a Ira é o intenso e descontrolado sentimento de raiva, ódio, rancor que pode ou não gerar sentimento de vingança. É um sentimento mental que torna a pessoa furiosa, representado assim com inúmeras cores para gerar a confusão, no fundo uma pessoa com a cabeça a explodir.


A Preguiça é pela Igreja Católica apresentada como um dos sete pecados mortais, caracterizado pela pessoa que vive em estado de falta de capricho, de esmero, de empenho, em negligência, desleixo, morosidade, lentidão e moleza, aversão ao trabalho. Transmiti esse pecado colocando uma pessoa agarrada aos cobertores, na moleza, no fundo coloquei umas flores, em tons calmos para transmitir a calma que nos temos debaixo dos edredões num domingo a tarde.


A Luxuria é o desejo passional e egoísta por todo o prazer sensual e material. Também pode ser entendido no seu sentido original: “deixar-se dominar pelas paixões”. Neste caso representei um casal num momento mais íntimo, no fundo coloquei cores quentes para transmitir mais a luxúria que, a meu ver, está muito ligada às cores quentes devido à paixão que elas transmitem.


A Avareza é o apego excessivo e descontrolado pelos bens materiais e pelo dinheiro, priorizando-os. Demonstrei este pecado colocando dinheiro a ser engolido por uma pessoa, o fundo ficou todo a verde porque é uma cor associada ao dinheiro.


A Vaidade, na opinião da Igreja Católica, está unida à soberba, acreditando que neles havia um mesmo componente de vanglória. Transmiti colocando uma mulher a fazer a sua maquilhagem, no fundo coloquei um tom cor de rosa, baste feminino que se enquadrava com toda a situação e umas flores de tons quentes.


A Inveja é considerada pecado porque uma pessoa invejosa ignora as suas próprias bênçãos e prioriza o status de outra pessoa no lugar do próprio crescimento espiritual. É o desejo exagerado por posses, status, habilidades e tudo que outra pessoa tem e consegue. O invejoso ignora tudo o que é e possui para cobiçar o que é do próximo. Neste pecado coloquei 2 olhos com uma maquilhagem bastante exagerada, porque quem é invejoso deseja ter o que os outros têm mas em exagero, as cores de fundo são o verde de inveja e o amarelo de doença  em ziguezague e um tom vermelho por cima. 


Por último, mas não menos importante, a Gula é o desejo insaciável, além do necessário, em geral por comida, bebida. Neste caso usei como figura uma mulher agarrada à bebida, no fundo umas flores e um degradé em tons de amarelo, dourado e laranja que transmitem  o desejo de algo.

Miriam Martins

Sem comentários:

Publicar um comentário